quarta-feira, 18 de abril de 2007

SAUDADE

SAUDADE - Clarice Lispector

Saudade é um pouco como fome.
Só passa quando se come a presença.
Mas às vezes a saudade é tão profunda
que a presença é pouco:
quer-se absorver a outra pessoa toda.
Essa vontade de um ser o outro
para uma unificação inteira
é um dos sentimentos mais urgentes
que se tem na vida.

Um comentário:

Ilka Vieira disse...

Ah, Clarice... maravilhosa Clarice que não poderia ter partido, fizera-se tão imortal!
SAUDADE DE CLARICE ME FAZ CHORAR.
VALEU GIGI!
BJ
Ilka