quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Eu, Gilia...

"Sou composta por urgências: minhas alegrias são intensas, minhas tristezas, absolutas. Me entupo de ausências, me esvazio de excessos. Eu não caibo no estreito, eu só vivo nos extremos. Eu caminho, desequilibrada, em cima de uma linha tênue entre a lucidez e a loucura. De ter amigos eu gosto porque preciso de ajuda pra sentir, embora quem se relacione comigo saiba que é por conta-própria e auto-risco. O que tenho de mais obscuro, é o que me ilumina. E a minha lucidez é que é perigosa.” 
                                                                                                      - Clarice Lispector -

                                                                                                        

3 comentários:

Marise Ribeiro disse...

Maravilhosa Clarice transbordando pela alma de Gilia. Casamento perfeito!
Passando rapidamente pra lhe deixar um grande abraço com o calor do nosso Rio.
Marise

Ana Cristina Penov disse...

Clarice, sempre Clarice : Intensa, poderosa. Amo Clarice Lispector.

Marisa disse...

Que lindo o teu blog. Não sabia que tínhamos, além da música, tantas coisas em comum. Visita meu blog.
http://6cbc.blogspot.com
Abraço
Marisa Steffen