quarta-feira, 26 de maio de 2010

Escrevi no dia do meu aniversário em 2000, mas está atual em mim!


ANIVERSÁRIO
   Gilia GerlinG

O tempo passou,
meus planos mudaram,
continuo a mesma,
mas não sou mais aquela.

O azul não é mais a cor preferida,
mas amo a cor do céu.

E a face perdida, que eu buscava em tudo,
estava dentro de mim, bem atrás dos meus olhos,
sorrindo e enfeitada de respostas,
pronta pra saltar do chão pra cima,
como nunca pensei ficar mais que um dia.

E agora, não é mais, está assim.
Agora, é assim.

É como uma força, feita de mim,
que mais parece pedra e terra em jardim.
        
      21 de maio de 2000
    




3 comentários:

Márcia disse...

Salve Gília! Belas linhas!
Um abraço carinhoso, musical geminiana!

Betha Mendes disse...

Oi, Gília,
penso que és assim: renovada e renovando sempre... geminiana, sempre na busca eterna! Lindo!

bjs

Betha

GRAÇA GRAÚNA disse...

Gilia, querida irmã astral: desculpe-me os parabens tardios. Este seu poema de aniversário é lindo. Que Ñanderu multiplique seus saberes. Bjos, Grauninha