terça-feira, 1 de novembro de 2011

Do sempre infinito Caio Fernando Abreu

5 comentários:

Thalyta Persson disse...

Adorei!
"Estou contente outra vez"

Marise Ribeiro disse...

Gilia, estou contente outra vez por retornar a este espaço de sensibilidade. Uma excelente escolha de texto e imagino como ele deve lhe dizer muito.

Minha querida, quando cheguei da minha viagem mandei um e-mail para você, mas ele retornou. Reenviei para o endereço do gmail, não sei se você o recebeu.
Deixo aqui o meu abraço cheinho de saudades.
Marise

Anônimo disse...

Verdade pura, pelo menos em relação ao amor romântico ou carnal. Lembrei até um samba antigo, acho que de Lupicínio Rodrigues: "Creia, toda quimera se esfuma, como a brancura da espuma, que se desmancha na areia."

Ana Suzuki

Associacão Amigos do Caio Fernando Abreu disse...

AACF busca colaboradores para criação do SITE OFICIAL CAIO FERNANDO ABREU

Com o apoio de fãs, amigos e familiares a Associação Amigos do Caio Fernando Abreu - AACF foi criada em 2010, sem fins lucrativos, com o intuito de preservar, reunir e divulgar a obra e a biografia do escritor.
Em 2011 a AACF idealizou a criação do SITE OFICIAL CAIO FERNANDO ABREU, um espaço virtual que disponibilizará digitalmente conteúdos relacionados à obra, à biografia e ao acervo de CaioF.
Para conseguir a verba necessária para a realização do site, a Associação inscreveu o projeto em uma plataforma de apoio colaborativo, onde as pessoas podem contribuir e receber recompensas como marcadores de livros, ímãs de geladeira, bótons e livros do escritor.
Para mais informações acessem: www.benfeitoria.com/caio

Maíra da Fonseca Ramos disse...

Perfeito, perfeito! Porque tudo passa, é só dar tempo ao tempo... Belas palavras.